receitas


HARMONIZAÇÅO OU COMO COMBINAR O VINHO COM A COMIDA
harmonizar

Quem não quer tomar um vinho acompanhando o seu prato predileto, ou acompanhando aquela receita preparada especialmente para ocasião, mas tem medo de errar? De não fazer a escolha certa,de não combinar? Para início de conversa não existe escolha errada. Comece com o vinho que te dá prazer, aquele que você gosta! Quer saber um pouco mais sobre harmonização, como as combinações se dão? Então basta seguir estes dois passos:

PASSO 1: O PESO DA COMIDA É IGUAL AO PESO DO VINHO

O que confere peso ao prato: os ingredientes e o tipo de cocção (cru, vapor, cozido, frito...) 

O que confere peso ao vinho: o tipo de uva, a graduação alcóolica, o tempo de passagem por barril de carvalho e a quantidade de açúcar.

Então: comida leve pede vinho leve e comida pesada pede vinho encorpado.

PASSO 2: ESCOLHA SIMILARIDADE OU CONTRASTE ENTRE VINHO E COMIDA:

• SABORES : acidez, doce, amargor, salgado (por ex comida doce, similaridade: vinho doce ou comida salgada , contraste: vinho doce)

• AROMAS: (por ex: comida aromática, similaridade: vinho aromático)

• TEMPERATURAS: (por ex:vinho gelado, contraste: fritura, similaridade; salada, comida fria com vinho branco gelado)

• CORES: (por ex:vinho branco, similaridade: comida com açafrão, vinho tinto, similaridade com carne vermelha)

• TEXTURAS: crocante, cremosa, gelatinosa, sedosa. liquidas… (por ex: vinho espumante (CO2) similaridade com fritura/crocância)

Alguns idéias de harmonizações:

  1. Churrasco com vinho tinto com uvas adstingentes como por ex. Cabernet Sauvignon ou Malbec 
  2. Massa com Molho de Funghi com vinho tinto  aveludado como por ex. uva Merlot 
  3. Massa com Molho Bolonhesa com vinho tinto médio peso, sem muito tempo de passagem por barril de carvalho.
  4. Salmão Grelhado com vinho branco encorpado como por ex. Da uva Chardonnay ou um leve tinto como por ex da uva Pinot Noir ou Cabernet Franc
  5. Muqueca de Peixe com vinho branco, uvas mais ácidas como por ex Sauvignon Blanc ou Riesling 
  6. Bacalhau ao forno com vinho branco encorpado por ex. uva Chardonnay
  7. Morangos com creme e Moscatel. A acidez dos morangos contrastam com o doce do espumante Moscatel
  8. Queijos salgados ou azuis ( Grana Paddano,Roquefort, Gorgonzola) com o espumante Moscatel é outro delicioso e inesperado contrante de sabores.

Mas o melhor é você fazer as suas harmonizações! Arrisque-se, você vai se divertir!

Tanto ao fazer o prato, quanto ao escolher o vinho e mais: ao comer e beber a sua 

própria harmonização!

Carina Cooper

Sommelier

www.carinacooper.com.br

F: Carina Cooper

www.salton.com.br

9 de Janeiro de 2017