receitas


APRENDA A ESCOLHER O VINHO
escolher vinho

Branco ou Tinto? Novo Mundo ou Velho Mundo?  Leve ou encorpado?

O que é mais importante na escolha de um bom vinho é seu gosto, bolso e momento.

Se você está no início da jornada, uma boa escolha são pelas uvas mais conhecidas, exemplos: Chardonnay (branca) e Cabernet Sauvignon (tinta).

Após experiências intensas com estas uvas, com ajuda e dicas de profissionais ou amigos, passe a arriscar, pois isso é o mundo do vinho, as escolhas são infinitas.

Temos no Brasil um grande diferencial, o de comercializar vinhos do mundo todo.

HARMONIZAÇÃO DE VINHOS E COMIDAS:

Regras de harmonização deve ser observadas tais como: carnes vermelhas com vinho tinto; peixes do mar brancos, mas já não pode ser consideradas uma harmonização garantida, pois na grande maioria das vezes o que define a escolha do vinho é o molho, pois ele é o que predomina no prato.

O espumante é degustado em momentos festivos, quando se está socializando, servido bem gelado. A dica do Rosè é experimentá-lo com um belo prato de camarão, uma combinação excelente.

O que não harmoniza são vinhas tânicos com peixes gordurosos ou comida muito salgada.

Devemos procurar um equilíbrio entre a comida e bebida, para que os vinhos façam um conjunto harmonioso com a refeição. Vale a pena dedicar algum tempo e imaginação a isto, para que o resultado seja compensado com aprovação das pessoas que estamos recebendo em nossa casa e à mesa. 

Amauri Silsbach

Sommelier